07 de agosto de 2020

MAIS VOCÊ

EXERCÍCIO FÍSICO ESSENCIAL

267

Com a nova realidade que estamos vivendo, as pessoas que ainda não tinham um olhar atencioso a saúde, agora o tem, e isso é muito importante.

Para aqueles que já se cuidavam isso era uma rotina, alimentação equilibrada, exercício físicos regulares, boas noites de sono, higienização pessoal em dia, etc. Mas para aqueles que tinham outras prioridades, essa nova fase não está sendo muito fácil, pois você readaptar a sua rotina diária, colocando em primeiro lugar a sua saúde e também daqueles que estão próximos é um desafio, mas se pararmos para analisar, nossa vida é feita de desafios e mudanças e cabe a cada um achar a melhor forma de se adequar aos novos tempos.

Falando em especial do exercício físico, para nós profissionais de Educação Física, já sabíamos há muito tempo que é essencial, mas nos primeiros dias de isolamento social as academias e espaços de práticas esportivas, foram fechados para a não proliferação do Covid-19, só que ao mesmo tempo sabíamos da importância de permanecermos ativos fisicamente, pois a baixa imunidade poderia se tornar um risco. Ai começou uma corrida para nós profissionais tentarmos nos readequar de uma forma que pudesse atender nossos alunos e não deixar eles desamparados, atendimento a domicilio, aulas on line. Era o que nos restava, mesmo assim não era possível atender a demanda que tínhamos, aos poucos alguns estados/cidades flexibilizaram a pratica do exercício físico e no dia 11 de maio o governo federal enquadrou as academias como atividades essenciais, dando assim uma luz, mas claro sempre respeitando as determinações do Ministério da Saúde. O uso do álcool na limpeza dos aparelhos já era uma pratica nas academias antes mesmo da pandemia, o que precisou ser adequado foi o distanciamento das pessoas, uso da máscara, número de pessoas por ambiente, higienização das mãos constantemente e tempo de permanência no estabelecimento, para assim poder atender a todos.

Falando em especial do exercício físico, para nós profissionais de Educação Física, já sabíamos há muito tempo que é essencial, mas nos primeiros dias de isolamento social as academias e espaços de práticas esportivas, foram fechados para a não proliferação do Covid-19, só que ao mesmo tempo sabíamos da importância de permanecermos ativos fisicamente, pois a baixa imunidade poderia se tornar um risco. Ai começou uma corrida para nós profissionais tentarmos nos readequar de uma forma que pudesse atender nossos alunos e não deixar eles desamparados, atendimento a domicilio, aulas on line. Era o que nos restava, mesmo assim não era possível atender a demanda que tínhamos, aos poucos alguns estados/cidades flexibilizaram a pratica do exercício físico e no dia 11 de maio o governo federal enquadrou as academias como atividades essenciais, dando assim uma luz, mas claro sempre respeitando as determinações do Ministério da Saúde. O uso do álcool na limpeza dos aparelhos já era uma pratica nas academias antes mesmo da pandemia, o que precisou ser adequado foi o distanciamento das pessoas, uso da máscara, número de pessoas por ambiente, higienização das mãos constantemente e tempo de permanência no estabelecimento, para assim poder atender a todos.

TALVES VOCÊ SE INTERESSE

ARTIGOS RELACIONADOS

Em 1º de maio de 1994, Brasil perdeu não apenas um herói do esporte, mas...

De 09 a 18 de Março, Francisco Beltrão é palco da edição de 50 anos da...

Um estudo sobre casais feito pela Universidade do Estado de Utah em parceri...

A Revista Futura conquista a preferência do público.

No final do último ano as cooperativas filiadas ao Sistema Cresol Baser cr...

Aquele tipo de mulher nervosa e que costuma brigar por tudo pode ter o seu...

Você é uma daquelas pessoas que, frequentemente, sofrem com dores de cabe...

APRENDENDO COM UMA MULHER EXTRAORDINÁRIA- Mateus 15:21 a 28, Jesus estava...

0 Comentários

DEIXE O SEU COMENTÁRIO PARA ESSE ARTIGO