26 de abril de 2019

MAIS VOCÊ

PACIÊNCIA É A CHAVE PRINCIPAL PARA UM RELACIONAMENTO EQUILIBRADO

452

Se você cede ao instinto de querer ter sempre a última palavra, no final das contas a decisão será sempre a mesma: ir embora

Na hora de estabelecer um relacionamento afetivo, a paciência é um pilar no dia a dia que devemos reconhecer. É claro que você não precisa gostar de cada comportamento ou costume de sua parceria, mas nem por isso você precisa agir de maneira impulsiva ou autoritária ao ponto de dar um fim ao relacionamento sempre que achar um obstáculo.

De acordo com Carla Ribeiro, psicóloga com abordagem em sexualidade humana e saúde do homem, "a convivência com o outro é algo difícil de se estabelecer. Primeiro, se soubéssemos que o outro nos daria tanto trabalho na adaptação do relacionamento, talvez muitas pessoas dariam preferência por estarem sozinhas.

Em atendimento em consultório tenho ouvido o quanto as pessoas têm se sentido muito sozinhas. Principalmente as mulheres. E as relações amorosas estão cada vez mais supérfluas e descartáveis. Mas de uma forma em geral, a maioria quer ter uma parceria ao seu lado, explica.